Canção

Páginas para editores sem sessão iniciada saber mais

A canção é uma composição musical para a voz humana, escrita, normalmente sobre um texto, e acompanhada por instrumentos musicais.[1] As canções também são semelhantes das "cantigas" de amor, de amigo, de escárnio e maldizer. Algo muito comum na idade média, onde os cavaleiros se declaram para sua amada nos versos, colocando-a como uma figura idealizada, distante.[2]

É tipicamente interpretada para um único vocalista, mas também pode ser cantada por um dueto, trio ou mais vozes. O texto ou letra das canções são tradicionalmente versos de poesia, mas podem ser versos religiosos de livre prosa. As canções possuem amplas maneiras de divisão, dependendo dos critérios utilizados. Algumas divisões estão entre as músicas "artísticas", "canções de música popular" e "canção popular".[1]

Coloquialmente, embora incorretamente, a palavra canção é usada para se referir a qualquer composição musical, incluindo aqueles que não possuem canto.[3] Na música clássica europeia e na música em geral, o uso efetivo da palavra é considerado incorreto e "canção" só pode ser usado para descrever uma composição para a voz humana, salvo algumas exceções, como por exemplo as canções sem palavras do período romântico, que foram escritas por compositores como Mendelssohn e Piotr Ilitch Tchaikovski, não são para a voz humana, mas para um instrumento (normalmente piano) e ainda assim são consideradas canções.[1]

São canções que foram criadas para serem interpretadas de acordo com os atributos do cantor, geralmente com piano de acompanhamento, embora possam ter outros tipos de acompanhamento, tais como orquestra e quarteto de cordas que são sempre notados para ser recitada individualmente. Geralmente é exigido um treinamento de voz para um desempenho aceitável. As letras são frequentemente escritas por um poeta ou letrista em forma estrófica, já a música é feita separadamente por um compositor. As canções artísticas podem ser mais formais e complicadas em comparação com as canções comuns e são consideradas importantes para a identidade cultural de alguns países.[4]

É qualquer gênero musical acessível ao público em geral. Distingue-se da música folclórica por ser escrita e comercializada como uma mercadoria, sendo a evolução natural da música folclórica, que seria a música de um povo transmitida ao longo das gerações. Como o nome mesmo já diz, é a música do povo, oposta à chamada "música erudita" por ter o foco no intérprete e na performance numa determinada camada social.[5]

A palavra canção se tornou um tipo "ícone" usada a toda hora popularmente quando se referindo a uma variedade de pequenas composições curtas ou com arranjos populares, especialmente quando usando instrumentos modernos, não de orquestra ou de música de câmara ou, ainda até mesmo, se a composição não se encontra num dos moldes descritos acima.

Canções populares quase sempre têm uma estrutura bem definida. A estrutura tipicamente usada tem de três a cinco secções musicais separadas que são utilizadas em conjunto para formar uma música completa.[6] A estrutura típica de uma canção é geralmente encontrada nesta ordem:

Há ainda outras partes que poderão aparecer, como a Ponte Musical, o Pré-Refrão, o Solo, a Coda, o Interlúdio ou Musicol.


A estrutura acima é uma forma muito comum de música popular moderna. Isso inclui canções de pop, rock e heavy metal, além de praticamente todos os gêneros de canções populares e peças clássicas. Esta estrutura simples pode se se tornar complexa quando alterada em alguns aspectos, como, em vez de adicionar um coro único dois coros, ou em vez de terminar com a repetição do refrão adicionar uma parte específica para o último. A estrutura não deve ser muito complicada para não destruir o equilíbrio entre seus elementos componentes.

Trio Musical executando uma canção acompanhados de um alaúde tocado por um dos cantores. Das Konzert, The Concert - (c. 1490, Lorenzo Costa).
Banda de rock britânica The Beatles em 1964.